Uva, um alimento tóxico que poucos imaginam!

Na busca por uma alimentação mais saudável para os seus pets, a ingestão adequada de vitaminas e minerais se tornou uma das preocupações mais frequentes para os tutores. Esse cenário se reflete no aumento do fornecimento de alimentos caseiros para cães e gatos. Entretanto, poucos sabem que vários dos alimentos considerados adequados para os humanos podem ser, na verdade, muito nocivos para os nossos fiéis companheiros.

Alguns desses alimentos já são mais conhecidos pelo potencial de toxicidade, como chocolates e demais doces, mas outros nem tanto. É o caso das uvas, frutas muito deliciosas, versáteis e presentes em inúmeros pratos. As uvas são consideradas tóxicas para cães e gatos pois causam insuficiência renal aguda, podendo levar à morte rapidamente.

Apesar de existir certa “tolerância”, que pode variar de acordo com o indivíduo – peso, raça, idade e sexo –, nenhuma quantidade é considerada segura, uma vez que casos de intoxicação já foram registrados após o consumo de 2,8 miligramas de uva por quilo de peso corporal, que, em outras palavras, representa apenas 4 unidades de uva para um pet com menos de 10 quilos de peso corporal.

Vale ressaltar que o risco de intoxicação não se restringe à fruta em seu estado bruto. Também é possível ocorrer pela ingestão de sua forma cozida, desidratada (uva passa) e quando presente como ingrediente em outros alimentos, tais como bolos, tortas e barrinhas de cereal.

Caso o seu pet venha a ingerir uva acidentalmente, é preciso ficar atento aos sinais clínicos decorrentes de lesão renal, como o aumento exagerado da ingestão de água, maior frequência em urinar, diarreia, fraqueza e perda de apetite.

Por fim, lembre-se sempre que os hábitos alimentares de cães e gatos são diferentes dos seres humanos. Se há o interesse no fornecimento de um alimento caseiro ao seu animal, consulte um médico-veterinário nutrólogo ou um zootecnista especializado em nutrição de cães e gatos para esclarecimento das dúvidas sobre o que é, ou não, permitido.

Back to top