Ácidos graxos ômegas-3 são importantes na alimentação do pet

A gordura presente nos alimentos para cães e gatos é importante pois exerce inúmeras funções, como o fornecimento de ácidos graxos da família ômega-3. Esses ácidos graxos também são chamados de ácido linolênico (ALA), ácido eicosapentaenóico (EPA) e ácido docosahexaenóico (DHA). São considerados essenciais pois não podem ser sintetizados em quantidades suficientes pelo organismo. Dessa forma, devem ser fornecidos por meio da dieta do pet, sendo fundamental principalmente durante a gestação e na fase de crescimento.

 O perfil desses ácidos graxos em uma dieta pode ser alterado de acordo com a fonte de gordura fornecida. Animais marinhos que se alimentam de algas podem apresentar altas concentrações de DHA em seus tecidos, enquanto fontes de origem vegetal apresentam maiores concentrações de ALA na sua constituição.

Em algumas espécies, os ácidos graxos EPA e DHA podem ser sintetizados a partir do ácido linolênico, porém, cães, gatos e outros mamíferos possuem capacidade limitada para fazer essa conversão. Por isso, é de suma importância que sejam fornecidos na dieta. O óleo de peixe, por exemplo, é uma ótima fonte de EPA e DHA. É importante também lembrar que óleos vegetais, como o de linhaça, possuem ômega-3, mas na forma de ácido alfa-linolênico.

Ácidos graxos ômegas-3 são importantes na alimentação do pet

Devido ao importante papel na área da nutrição e saúde, os ômegas-3 podem ser utilizados na medicina veterinária para dar suporte ao tratamento de diversas enfermidades, como cardiopatias, doença renal crônica, dermatopatias, câncer, entre outros. A ingestão do ácido graxo DHA melhora a função cognitiva de cães em crescimento e também pode reduzir os sinais de disfunção cognitiva em animais idosos.

Sobre a dose recomendada para suplementação nas diferentes situações listadas, é sempre recomendável consultar um médico-veterinário nutrólogo para o ajuste do nutriente de acordo com cada animal e situação. Com constantes evidências científicas de seus benefícios, tanto para animais saudáveis quanto para os portadores de doenças crônicas, os ômegas-3 são considerados elementos importantes na alimentação do pet.

Roberta Bueno Ayres Rodrigues

Back to top